Blog da ENGIE Solar

12.01.2017

8 aplicativos que irão ajudar você a praticar atitudes sustentáveis

Atualmente estamos rodeados de produtos, serviços e marcas sustentáveis. O conceito é tão empregado na sociedade atual que poucas vezes paramos para refletir: “mas, afinal, o que é sustentabilidade”?

A própria palavra quer dizer sustentar, dar suporte. Assim, a sustentabilidade ambiental está relacionada à adoção de práticas sustentáveis, ou seja, atitudes ou estratégias que desenvolvem a sociedade e que apoiam a manutenção e conservação do meio ambiente.

Este conceito foi pela primeira vez utilizado pela ex-Primeira Ministra norueguesa Gro Brundtland, em 1987, ao publicar o livro Nosso Futuro Comum (em inglês Our Common Future), também conhecido como Relatório de Brundtland. Nele, ela define o desenvolvimento sustentável como a capacidade de “suprir as necessidades do presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprirem as próprias necessidade”, sem esgotar o planeta para as gerações futuras. No documento, Brundtland também frisa que a ideia do desenvolvimento sustentável não é acabar com o crescimento econômico, mas adotar práticas de crescimento sustentável.

Com tantas reuniões internacionais e conferências, muitas pessoas acreditam que a única forma de transformar o desenvolvimento de um país deve partir do poder público. O que poucos ainda não perceberam, porém, é que pequenas mudanças no nosso cotidiano podem fazer toda a diferença no mundo inteiro, basta cada um fazer a sua parte. E novas tecnologias podem ser grandes aliadas neste processo.

Conheça agora 8 aplicativos para smartphones que podem lhe ajudar a construir um futuro mais sustentável!

1. Nossa Energia

O aplicativo Nossa Energia foi desenvolvido pelo Instituto Akatu e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e tem como objetivo informar e incentivar a redução do gasto de energia.

Além das informações, o Nossa Energia oferece uma calculadora de gasto de eletricidade de diferentes aparelhos assim como um jogo que dá dicas de como usar a energia elétrica de forma mais consciente.

Disponível apenas para sistemas Android, ele é gratuito no Google Play.

2. Solar Panels Suitability Checker

O Solar Panels Suitability Checker é tudo o que seu próprio nome anuncia: ele verifica qual a capacidade da sua casa para receber painéis fotovoltaicos.

Com o aplicativo, você informa seu endereço e ele determina qual a parte do terreno possui a melhor localização para os painéis. Para isso, ele utiliza a tecnologia do Google Maps e traz os resultados de forma gráfica, demonstrando por filtro de cores na imagem de satélite.

Gratuito e disponível apenas para sistema iOS.

3. Ecocharger

Quantas vezes você deixa o celular carregando e esquece de tirar da tomada ao final do carregamento? Este tipo de prática também gasta energia. Por isso, foi criado o Ecocharger, aplicativo disponível para Android que avisa sempre que ele atingir 100% de carregamento. Além disso, o app também envia notificações de alta tensão, e informações sobre a bateria do seu aparelho.

4. Sai Desse Banho

Sai Desse Banho é um aplicativo gratuito para iOS. Iniciativa da SWU (movimento Starts With You), tem como objetivo ajudar o usuário a economizar água no seu cotidiano. Funciona como um alarme, em que o usuário define o tempo que quer gastar no banho. Para incentivar a economia, o app propõe também o desafio de reduzir a cada dia mais o tempo no banho e, assim, calcula a quantidade de água economizada em litros.

5. Manual de Etiqueta Sustentável

Publicado pela primeira vez em 2007 como cartilha da página Planeta Sustentável, da Editora Abril, o Manual de Etiqueta Sustentável teve tanto sucesso que se tornou um aplicativo. Disponível gratuitamente para iOS, o app traz dicas sobre como mudar hábitos do cotidiano e diminuir os impactos no meio ambiente. As dicas estão divididas em cinco temas: água, eletricidade, cidadania, reciclagem e consumo consciente.

6. Aplicativos para Reciclagem

O Recicle RJ surgiu da ideia de dois estudantes com o intuito de revelar onde estão os pontos de coleta de material reciclável no estado do Rio de Janeiro a partir da localização do usuário. Gratuito, o aplicativo está disponível para iOS e Android e já possui iniciativas semelhantes em outras cidades.

Em Pernambuco, por exemplo, o Relix foi desenvolvido para conectar as pessoas aos coletores de material reciclável mais próximos. A coleta pode ser solicitada tanto em domicílio quanto em pontos de entrega. O aplicativo é disponível gratuitamente para iOS e Android, e é uma iniciativa da produtora cultural Lina Rosa e do governo do estado.

7. Good Guide

Estimular a compra consciente é o objetivo do Good Guide, disponível para iOS e Android. O aplicativo usa a câmera do smartphone para escanear o código de barras e trazer informações sobre o produto, como o uso de substâncias nocivas, o impacto da sua produção ao meio ambiente ou o uso de trabalho escravo.

Criado por um professor da Universidade da Califórnia, o app já tem cadastrada informações sobre cerca de 180 mil produtos e leva em consideração a análise de uma equipe multidisciplinar de profissionais, como químicos, infectologistas e nutricionistas.

Apesar de ser americano, por aqui o app já é bastante útil, isso porque muitos dos produtos cadastrados são importados pelos supermercados brasileiros.

8. Bike Rio

O aplicativo Bike Rio é apenas uma das muitas iniciativas de aplicativo para aluguel de bicicleta que vêm se espalhando pelo Brasil. Com aplicativos semelhantes em diversas outras cidades, como São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Belém, Brasília e Salvador, o app mostra as estações mais próximas e libera a bicicleta para o usuário através do celular. O app é uma ótima alternativa para melhorar o trânsito das cidades e ainda diminuir a emissão de gases do efeito estufa.

A tecnologia vem se tornando cada vez mais uma aliada no dia a dia das pessoas, e diversos aplicativos já foram desenvolvidos com este objetivo, basta aproveitá-los!

Gostou? Então acompanhe nosso blog e fique por dentro de tudo relacionado à energia solar!

 

CompartilheShare on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterPin on Pinterest